11 de setembro de 2010

Reprises de novelas do SBT, derrubam sua audiência


Os resultados em audiência obtidos pelas novelas que estão no ar pelo SBT levam a boas reflexões sobre o comportamento do telespectador e a validade de sondagens que determinam a grade ideal. As reprises de “Pérola Negra”, “Esmeralda” e “Canavial de Paixões” registram índices considerados fracos e colocaram a emissora numa faixa complicada entre empates e derrotas. As novelas que ocupam a grade vespertina oscilam entre 4 e 5 de média e, se não atingem as metas em números, representam economia no orçamento, explicam alguns executivos da Anhanguera. Entretanto, no mesmo horário, antes, a sessão de filmes registrava índices entre 5 e 8 pontos, ficando à frente da Record.
Será que a estratégia traçada nas salas do alto comando do SBT representa ganhos para a emissora? Até que ponto está certa? Num momento onde a concorrente briga intensamente por números e investe para atingir a vice-liderança folgada na média/dia qualquer programa que coloque em risco as metas deve ser muito bem avaliado. E aqui a culpa não é de Silvio Santos, como a “lenda urbana” prega. Ele segue orientações, estudos, projeções de especialistas…. Para fazer televisão é preciso não olhar apenas para as planilhas ou para sondagens através da internet. É fundamental conhecer quem está do outro lado da tela. Se os filmes funcionavam, porque uma sequência com três novelas, duas brasileiras e uma mexicana? Já ouvi muitas explicações para estes questionamentos e confesso que não me convenci. O fato é que houve um erro porque toda a grade da tarde acabou perdendo audiência com a reprise das novelas.
Nos bastidores do SBT há quem torça para que seja diminuída a quantidade de novelas no período da tarde, abrindo espaço para outras atrações, incluindo filmes. Isso pode acontecer muito em breve …
As informaçõess são do blog Parabólica JP do jornalista José Armando Vannucci.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...